quinta-feira, 21 de março de 2013

Sociedade civil pode incluir questão racial na Agenda de Desenvolvimento Global



Se você entende que o item mais importante para o desenvolvimento é a "Eliminação do preconceito e da discriminação", participe até o dia 25 de março da pesquisa mundial que quer a sua ajuda na escolha das prioridades para um mundo melhor. Os resultados serão compartilhados com líderes mundiais na definição da próxima Agenda de Desenvolvimento Global.
No contexto do seguimento da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), a Rio+20, e no que se refere ao debate em torno da construção de uma agenda de desenvolvimento pós 2015, a Secretaria-Geral da Presidência da República (SG/PR), convidada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), tem buscado fomentar o processo de participação social acerca desse tema prioritário para o Brasil. Trata-se da Consulta Nacional Pós-2015 “O mundo que nós queremos”, para a qual a sociedade pode apresentar contribuições até 25 de março.

O processo consiste na realização de ampla consulta à sociedade civil de cinquenta países selecionados com vistas à definição das prioridades e necessidades que devem ser contempladas na elaboração da Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, data limite inicialmente prevista para que os países membros das Nações Unidas alcancem as metas traduzidas nos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs). A Consulta Nacional Pós-2015 “O mundo que nós queremos” é uma oportunidade para o movimento negro trazer a questão racial para a construção da agenda de desenvolvimento da ONU.

As consultas estão sendo realizadas desde janeiro e vão até o 25 deste mês, por meio de questionários, votações pela internet e reuniões in loco. O resultado dessas consultas comporá o relatório a ser apresentado pelo Secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, aos líderes globais na próxima Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), a ser realizada em setembro de 2013.

Para participar, devem ser respondidos os seguintes documentos: Questionário Consultas Pós-2015 e Pesquisa de opinião sobre prioridades de mudança, que traz o item "Eliminação do preconceito e da discriminação".

E para complementar o processo de consultas, estão disponíveis os seguintes documentos que tratam do tema debatido:

    Declaração final da Rio+20 - Versão oficial em Espanhol
    Declaração da Cúpula dos Povos
    Relatório sobre a Rio+20
    Informação básica sobre o processo de consultas
    Declaração da Kari-Oca II

Trata-se do primeiro passo de um contínuo processo de amplas consultas que a Secretaria-Geral da Presidência da República pretende promover sobre o tema junto à sociedade brasileira. A discussão acerca da Agenda Pós-2015 e do seguimento à Rio+20 será aprofundada inicialmente em um Seminário, a ser realizado em abril de 2013, que poderá subsidiar a posição que o Brasil adotará nas negociações internacionais sobre o tema.

Com informações da Secretaria-Geral da Presidência da República. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário