sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Mulheres Negras discutem controle social na saúde em Seminário


Seminário de Saúde da população negra e AIDS: Fortalecendo ações coletivas para o controle Social acontece durante os dias 18,19 e 20, o seminário é realizado pela Associação Cultural de Mulheres Negras com parceira da Rede Lai Lai Apejo e a Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileira. A proposta do seminário é discutir durante os três dias a luta dos movimentos negro e de mulheres negras para a implementação da saúde da população negra e os entraves na atualidade para o avanço efetivo da política, bem como estruturar estratégias de mobilização para o exercício do controle social. 

No dia 18 Jackeline Romio apresentou o cenário demográfico sobre saúde das mulheres negras.  Jurema Werneck apresentou o cenário de luta de pelo direito à saúde integral, em uma linha de tempo, desde o sistema escravocrata e da construção do campo de luta especifico sobre saúde da população negra com um marco histórico desde a luta das mulheres negras sobre a agenda da saúde reprodutiva, da esterilização das mulheres negras na década de 90. 

O encontro segue até sábado (20 de setembro) com discussões sobre financiamento público na saúde, controle social e a participação das mulheres negras nos conselhos sobre o olhar da interseccionalidade de Raça e Gênero.

O Seminário também ocorre num momento de comemoração e reflexão sobre os 20 anos da ACMUN que ao longo dos anos vem atuando no fortalecimento político das mulheres negras.







Nenhum comentário:

Postar um comentário